INFORMACION

CURSOS DE ESPANHOL

SOBRE ARGENTINA

Videos

Outros recursos

O TANGO

História

O Tango é a terceira dança na história (da dança) em que um homem e uma mulher dançam, estando um de frente para o outro. O homem tem a mão direita da mulher na sua mão esquerda, o seu braço direito agarrando a cintura da mulher. O primeiro baile nesta posição foi a Valsa Vienense, que fez sucesso em toda a Europa na década de 30 do século XIX. Foi a primeira forma de dançar em par, em meados dos anos 40. Finalmente , o Tango se desenvolveu como a terceira dança nesse estilo,e era muito diferente de tudo o que já existia anteriormente, já que pela primeira vez se introduziu o elemento da improvisação.

Escena de Tango, Argentina Depois disso, o tango rapidamente impôs sua influência sobre todas as danças em pares do século XX. Seu desenvolvimento se deu devido ao grande número de imigrantes que chegaram na Argentina, o que trouxe uma variedade de danças com posições novas e revolucionárias. Entretanto, näo se sabe exatamente onde e como, da Valsa Vienense e da Polka, o Tango tornou-se o que é hoje. Isto se deve ao fato de que o tango, em primeiro lugar, foi criado por uma classe de pessoas que näo possui muitos registros na história, ou seja, gente simples que näo deixou muitas marcas na história. Gente pobre e desprivilegiada foram os que fizeram parte da evoluçäo do Tango.

A primeira peça musical escrita e publicada na Argentina,  que poderia ser descrita como o que hoje conhecemos como Tango,  data de 1857. Se chamava “Toma mate, che”. O nome do "Tango", nesse momento provavelmente se referia ao que conhecemos  hoje em dia como "Tango Andaluz", estilo de música que foi trazida para a América do Sul pelos espanhóis; também a casa do Flamengo, outro estilo musical,  popular em Buenos Aires, em meados do século XIX.

Escena de Tango, Argentina Existem muitas teorias sobre a origem da palavra "tango". Uma dessas teorias é a de que a palavra é originária da comunidade de descendentes de escravos africanos que combinaram o nome do seu Deus com a palavra “tambor” em castelhano. No entanto, esta teoria nunca foi comprovada, uma vez que não há vestigíos que comprovem que existiam danças africanas onde um homem e uma mulher bailavam juntos como no Tango. Por outro lado, os africanos em Buenos Aires participaram e exerceram a sua influência no desenvolvimento da dança e da música tanto quanto como outras comunidades imigrantes. O grupo de pessoas mais importante na evolução e desenvolvimento do Tango foram os pobres, os que receberam pouca educação e os homens brancos desprivilegiados. Finalmente, o tango se cantava em todos os teatros de Buenos Aires durante a segunda metade do século XIX.

O rápido crescimento da popularidade do tango o levou à Europa no princípio do século XX, quando dançarinos e orquestras de Buenos Aires viajaram às cidades européias como Paris, Londres, Berlim e outras grandes cidades onde o Tango virou moda.

No entanto, com o início da grande crise de 1929, a popularidade do tango caiu na Argentina. Novas restrições do governo foram introduzidas após a queda do governo, o que criou uma escassez nas atividades culturais. Com a nomeação de Juan Perón como presidente,a popularidade do Tango cresceu novamente e uma vez mais, virou moda em todo o país.

Origens do Tango

Escena de Tango, Argentina O "cliché" mais conhecido da origem do tango é de que ele nasceu nos bordéis de Buenos Aires. A idéia é de que os bordéis eram o lugar onde geralmente as pessoas de classe média se reuniam para dançar e cantar. Isso ocorreu devido à falta de mulheres em Buenos Aires, de modo que a prostituição era uma indústria emergente. Os proprietários de bordéis entäo, contratavam músicos “tangueros” para entreter os homens que esperavam nos prostíbulos, já que haviam poucas mulheres “disponíveis”. Os músicos tocavam a música dos pobres, no entanto os bordéis eram um dos poucos estabelecimentos que podiam contratar músicos profissionais. Enquanto aguardavam, os “clientes” dançavam a música que os músicos tocavam.

Em meados do século XIX, os ingleses decidiram construir uma rede ferroviária que ligaria toda a Argentina. Isto permitiria o transporte de produtos agrícolas para exportação, assim como facilitaria a exploração de recursos minerais. Se necessitava mäo-de-obra para trabalhar na construçäo das ferrovías, o que levou com que o governo argentino buscasse trabalhadores na Europa. Um enorme fluxo de imigrantes começou a chegar na Argentina, especialmente em Buenos Aires, a maioria homens que pretendiam trabalhar por alguns anos e juntar dinheiro suficiente para mais tarde regressar à Europa.

Musicos de Tango, Argentina Não havia dinheiro, o trabalho era duro e havia uma grande falta de mulheres. A única forma de se aproximar das poucas mulheres que viviam em Buenos Aires, era através da prostituição e dos bordéis,e através do Tango. Dado o elevado nível de competição entre homens e mulheres, um homem só poderia dançar com uma mulher se soubesse dançar bem. Só se aprendia a dançar bem, praticando com muitos outros homens, o que ajudava a adquirir confiança para poder dançar com uma mulher que näo fosse uma prostituta. Os homens aproveitavam cada a oportunidade que surgia para dançar com música ao vivo, já que ainda näo existiam discotecas. O objetivo dos homens eram as mulheres disponíveis que vivem nos subúrbios e àreas residenciais de Buenos Aires (e não em bordéis), para dançar o tango com

Para conquistar uma mulher era mais do que o necessário ser um bom dançarino.

A dança não nasceu nos bordéis, mas nos pátios, subúrbios e cortiços onde vivia a gente mais pobre. Devido ao grande número de pessoas que viviam em um mesmo edifício, quase sempre existiam pessoas que sabiam tocar instrumentos e que faziam música para dançar. A música e a dança, passou a ser a língua comum que unia as diferentes culturas.  E os diferentes estilos de música e dança, consequência da variedade de imigrantes, contribuiu grandemente para o desenvolvimento do Tango.

Tango hoje

Atualmente em Buenos Aires é possível encontrar três diferentes estilos de Tango: El Tango de Salón, La Fantasia, e uma espécie de tango que foi criada especialmente para o palco. Devido a outras danças que foram criados ao mesmo tempo, um grande número de influências ajudou a formar o que é o tango hoje - como é o caso do Tango de Palco, por exemplo, que foi especificamente criado para atrair a atenção dos norteamericanos. Depois de um show de tango, muitas vezes se oferece ao publico, aulas e demonstrações gratuitas, mas sempre se recomendada aprender o tradicional tango argentino como algo diferente do Tango de Palco ou tango coreografado.

Escena de Tango, Argentina Cantante de Tango, Argentina



ESTUDIE ESPAÑOL EN ARGENTINA
Share This
Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Share:
0
0
0
Follow us on: